Todas as coisas em Cristo
por T. Austin-Sparks

Costumamos tomar as Epístolas e pensamos delas como tendo a ver com o edifício da Igreja e as igrejas, a superestrutura do cristianismo, e assim, tomamos a técnica dos Atos e as Epístolas como uma técnica, como um sistema de doutrina e um sistema de prática, um sistema de ordem cristã, e as Epístolas tornam-se - e tornaram-se para muitos e para o cristianismo em geral - um sistema cristalizado de prática, ordem, forma, ensino; e a debilidade em toda essa posição é exatamente isto: que isso é já algo por si mesmo e o Senhor Jesus apenas acaba sendo esquecido e perdido.

Eu me pergunto se você detecta o que quero dizer com isso? Você vê, o caminho do Espírito Santo é tomar Cristo e abrir Cristo ao coração, e mostrar que Cristo é uma ordem celestial, não que as Epístolas estabelecem como um manual de uma ordem celestial, mas que Cristo é essa ordem, e toda a matéria desta ordem tem de ser mantida imediatamente em relação à Pessoa viva. Se torna-se alguma coisa, então torna-se um sistema terreno, e você pode fazer das Epístolas uma centena de diferentes sistemas terrenos, todos construídos sobre as Epístolas. Eles vão apoiar qualquer número de diferentes sistemas, interpretações diferentes, representadas por ordens cristãs aqui, e a razão é que eles têm se divorciado da Pessoa.

Você vê, amado, existem inúmeras coisas, diversos assuntos, temas, ensinamentos. Há "o reino de Deus", há "santificação", há "vida eterna", há "vida vitoriosa", "o vencedor" ou "a vida vencedora", há "a segunda vinda de Cristo" . Estes são apenas alguns assuntos, temas, verdades, como são chamadas, que foram tomadas e desenvolvidas a partir das Escrituras e tornaram-se coisas com as que pessoas têm ficado muito ocupadas, e nas quais elas são muito interesantes como coisas. Então as pessoas privatizam por aí um ensino de santificação, e eles são os santificacionalistas, e torna-se um "ismo". Outros se privatizaram, e eles são delimitados pela cerca do Segundo Adventismo, a vinda do Senhor, profecia, e tudo isso. Então você tem grupos como esses. Eu quero dizer que isso seria totalmente impossível se a Pessoa do Senhor Jesus fosse dominante.

O que é o reino de Deus? É Cristo. Se você entrar direto nos evangelhos, você vai encontrar que o reino de Deus é Jesus Cristo. Se você está vivendo em Cristo, você está no reino, e você sabe, enquanto o Espírito Santo te ensina Cristo, o que o reino é em cada detalhe. O reino não é alguma coisa, em primeiro lugar. O reino, quando se torna algo universal, será simplesmente a expressão e a manifestação de Cristo. Isso é tudo. Você vem para o reino por e em Cristo, e o mesmo vale para tudo o resto.

O que é santificação? Não é uma doutrina. Não é um “algo” em absoluto. É Cristo. Ele tornou-se para nós santificação (1 Coríntios. 1:30). Se você está em Cristo e se o Espírito Santo está lhe ensinando Cristo, então você está sabendo tudo sobre a santificação, e se Ele não estiver, você pode ter uma teoria e doutrina da santificação, mas vai separá-lo de outros cristãos, e isso trará a um número de cristãos em dificuldades. Provavelmente, o ensino da santificação como uma coisa trouce mais cristãos em dificuldades do que qualquer outra doutrina em particular, ao fazê-la uma coisa, ao invés de manter Cristo como nossa santificação.

Só estou dizendo isso para tentar explicar ... que é na Escola de Cristo, onde é para sermos achados, onde o Espírito Santo não está nos ensinando coisas, não doutrinas da Igreja, não santificação, não adventismo, não qualquer coisa ou qualquer número de coisas, mas ensinando-nos Cristo. Que é o adventismo? que é a vinda do Senhor? Bem, é a vinda do Senhor. E o que é a vinda do Senhor? Bem, uma palavra como esta vai nos dar a chave: Ele virá para ser glorificado nos seus santos, e para ser admirável em todos os que crêem (2 Tessalonicenses 1:10.). Você vê, é a consumação de algo que vem acontecendo de forma interna. Como, então, eu sei melhor que a vinda do Senhor se aproxima? Não é a melhor de todas as maneiras, por sinais proféticos, mas pelo que está acontecendo dentro dos corações do povo do Senhor. Esse é o melhor sinal dos tempos, ou seja, o que o Espírito de Deus está fazendo no povo de Deus. Mas você não está interessado nisso. Você preferiria saber logo o que vai acontecer entre Alemanha e a Rússia, se esses dois, afinal, vão fazer as pazes e se tornar uma ótima confederação! Até que ponto isso nos leva? Onde tem toda essa conversa sobre o revivido Império Romano nos levado? Esse é o adventismo como uma coisa. Se apenas nos mantermos perto Dele, Quem é a soma de toda a Verdade, e nos mover com Ele e apoiar Nele, vamos conhecer o curso das coisas. Vamos saber o que é iminente. Teremos em nosso coração sussurros de preparação.

A melhor preparação do Advento é conhecer o Senhor. Eu não estou dizendo que não há nada na profecia, não me entenda mal. Mas eu sei que há uma multidão de pessoas que estão simplesmente abismadas na profecia como uma coisa cuja vida espiritual conta para nada, que realmente não têm caminhada interior profunda com o Senhor. Temos visto isso tantas vezes.

Nunca vou esquecer, em uma visita aos Estados Unidos, entrando em uma das grandes cidades onde eu ira falar por uma semana. Tudo foi concebido de modo que a minha primeira mensagem fosse programada para acompanhar a última mensagem de um homem que esteve uma semana antes de mim, e ele tinha estado em profecia por toda a semana. Fui para a última reunião em que ele deu a sua mensagem final sobre os sinais dos tempos. Cadernos foram abertos, e eles estavam tomando nota de tudo, fascinados. Era tudo externo, tudo objetivo; coisas como o Império Romano revivido e Palestina recuperada. Você sabe o tipo de coisa. Então ele terminou e eles ficaram esperando por um pouco mais, os cadernos estavam prontos. O Senhor colocou justamente em meu coração que a primeira palavra era para ser: "E todo aquele que Nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, assim como Ele é puro" (1 João 3:3), falar sobre o efeito espiritual dessa esperança espiritual. Eles não estavam interessados ​​nisso. Os cadernos foram fechados, os lápis guardados, não havia interesse, enquanto procurava no Senhor ser muito fiel ao que tudo isto deve significar de forma interna, em ajustamento para o Senhor, e assim por diante. Eles apenas estavam desejando a reunião fechar. Quando eu terminei -mal esperaram que eu terminasse - eles se levantaram e se foram.

Originalmente extraído do livro “A Escola de Cristo” capitulo 6– Um céu aberto– primeiramente publicado na revista “Uma testemunha e um testemunho”
http://www.austin-sparks.net/english/000006.html